Esta Noite Dançamos - Capitulo 4

*

Conseguiram atingir o objectivo. Eram dez horas da noite e já estavam a 120 km da fronteira de Espanha com França. Decidiram dormir a noite numa pousada.

Nenhum dos cinco sabia falar muito bem francês mas com muita mímica lá conseguiram fazer perceber à recepcionista que queriam um quarto para dormir naquela noite. Dormiram todos no mesmo quarto e como não queriam discutir quem é que ficava com as únicas duas camas ficaram todos no chão. Decidiram não adormecer tarde porque queriam partir cedo. Quanto mais depressa chegassem à Alemanha, melhor! Deitaram-se e adormeceram logo, estavam demasiado cansados para sequer desejar boa noite.

 

- Bom dia, bom dia preguiçosos! Vamos lá acordar... Alemanha espera-nos. - Pedro foi o único a acordar com despertador e fez de despertador para os outros.

- Só mais um bocadinho? Por favor?

- Dormes na carrinha Filipe, não és tu a conduzir!

 

Eram 6:30h da manhã e já estavam feitos à estrada.

 

- Mete som nisso! Esta música é um sonoro altamente...

João era a pessoa que conduzia naquele momento e aumentou o volume da rádio, como o Pedro tinha pedido.

- Esta música não é a que representou a França na Eurovisão da canção este ano?

- É Maria! - respondeu a Ana depois fez uma careta - Nem sei como é que a Alemanha ganhou, a música nem era nada de especial!

- Não era nada má - Filipe intrometeu-se na conversa - Eu até gostei...

- Mas eu concordo com a Ana. Havia melhores, não achas? - João opinou em relação ao assunto.

Filipe não respondeu, limitou-se apenas a encolher os ombros.

'Claro' - pensou a Ana divertida - 'Desde que conheceu os Tokio Hotel, tornou-se um fiel defensor com tudo o que tinha a haver com a Alemnha'. Ela sorriu e ninguém percebeu porquê. 'Ele realmente não existe' - Ela retomou o pensamento e deixou escapar outro sorriso.

João e Pedro não a deixaram pensar mais. Começaram os dois a cantar a música e de seguida os outros também o fizeram:

"Allez, allez, allez,

Allez, olla, ole,

Allez, allez, allez

(...)

C'est le son de l'annee!"

 

Estavam quase a chegar à Alemanha, faltavam pouquíssimos quilómetros.

- A primeira coisa que vamos fazer aquando chegarmos a Hamburgo é inscrever-nos no concurso. Céus estou morta para chegar esse momento.

Estavam todos doidos de euforia quando de repente e expressão facial da Maria mudou. Tornou-se séria e preocupada.

- Maria, estás bem? Passa-se alguma coisa?

- Acho que nos estamos a esquecer de uma coisa tão importante... - respondeu ela.

- Ai sim? De quê? Do secador? - disse Filipe a rir-se.

- Do nome! Estamos-nos a esconder do nome!

- Ah? - 'mas o que está ela a dizer', todos pensaram o mesmo!

- Do grupo! O nome do grupo, nós não temos!

Foram arrebatados com aquilo, até o Filipe (mas por apenas por segundos). Ela tinha razão, eles passavam a vida a dançar (ou pelo menos quando não tinham escola) e não tinham nome!

- Meus Deus! Nós somos tão atrasados. Como é que não nos lembramos disso? - Ana estava abananada.

- Deus pode falar? Eu tenho o nome perfeito!... 5stars - disse Filipe a gozar.

- Isso ainda consegue ser mais parolo do que... - Ana calou-se. Ela sabia que se acabasse a frase teria que ouvir o Filipe e naquele momento não havia tempo para isso!

Todos perceberam porque é que ela não acabou a frase, mas eles acabaram nas suas mentes 'Tokio Hotel'. sim, iria ser assim que ela acabaria a frase!

- Posso dar a minha opinião - João quis acabar com aquele clima que não era pesado, mas também não era animador. Era um clima formado por pensamentos e era no mínimo algo estranho. - Talvez qualquer coisa a haver com alma. É com isso com que dançamos, nós dançamos com alma, o que torna a nossa dança tão verdadeira, pura e transparente!

- Sim, tens razão. Adoro essa ideia - A Ana sorriu. Era verdade, ela dançava com alma e pela alma e sabia que todos do grupo também o fazia. Aquilo fazia sentido. - Eu gosto deste "Shining Soul"? Na nossa língua "Alma Brilhante".

Ficaram sérios! Estavam todos a olhar para ela e ao mesmo tempo não estavam. Os seu olhos estavam posicionados na sua direcção, mas eles nem sequer repararam. Estavam completamente distantes no pensamento e a codificar as palavras dela.

- E então? Se não gostam digam, sabem que não ficarei chateada, mas por favor FALEM!

- És um génio Ana! É perfeito! - O João foi o primeiro a falar e estava maravilhado e vidrado com a aquilo.

- Sim, eu também concordo e apoio. Tem tudo o que eu queria: que não fosse um nome panigas nem maricas!

Riram-se todos, nada deitava o seu humor abaixo. Filipe brilhava de piada.

- É original e forte. Quase que parece que tem força própria. Ana tens o meu voto - Pedro abraçou-a depois de falar.

- Voto? - Filipe estava a preparar alguma. - Eu digo-te como se faz um voto no mínimo decente:

Eu, Filipe, recebo-te, Shining Soul,
Como o melhor grupo de dança,
de hoje em diante:
para o melhor e o pior,
na riqueza e na pobreza,
na doença e na saúde,
para amar-te e honrar-te,
até que a morte nos separe.


* Este post é um pouco grande demais. Sorry

 

se quiseres ouvir a música que representou a França na Eurovisão da canção, aqui está ela:

PLEASE DÊEM A VOSSA OPINIÃO. COMENTEM.
DAQUI A 2 POSTS É QUE VAI SER. FIQUEM À ESPERA ;)

 


I feel: Sem comentários :(
music: Eurythmics - Sweet Dreams (Are Made Of This)
feito por danceandtokiohotel às 10:50 | link do post | mimar | ver todos os miminhos (2)